Ciclo

“A palavra é meu domínio sobre o mundo”, C.Lispector

A LETRA, A PALAVRA, O TEXTO, O LIVRO, O MUNDO

Desde o surgimento da palavra, seus meios de difusão se renovam e se revezam, nascidos da experimentação e dos avanços tecnológicos, alguns valorizam mais a oralidade, enquanto outros, a escrita. A palavra é alicerce para o conceito, a canção, o roteiro, a dramaturgia. Pode ser falada, impressa, gesticulada e veiculada em crescente número de mídias.

Com o advento da informática e da rede mundial de computadores, tanto a maneira de se redigir quanto de se produzir e consumir o livro vem mudando fatalmente. Divulgam-se escritos inéditos em blogs e sites quase em tempo real, tweetam-se poemas, escrevem-se romances interativos a centenas de mãos.

Por outro flanco, pode-se acompanhar o crescimento de movimentos de adaptação, apropriação e ressignificação da literatura pelo audiovisual, pela música, pelas artes visuais.

Informar, investigar e refletir acerca da condição contemporânea de mutação do objeto livro e dos trânsitos da literatura entre outras linguagens artísticas. Estes são os objetivos do Ciclo que reúne show, diálogos e oficinas.

Seja bem-vindo!

Onde nasce o Atlântico/Paulo Souza/Recife – 2015